top of page

Operação Anatolia

Atualizado: 28 de jul. de 2023

Por: 🦅 | SCO.Neres


1.SITUAÇÃO

Um golpe militar aconteceu no Tarkistão em resposta ao estreitamento das relações com Chernarus: um histórico rival. O antigo presidente, em um gesto de boa fé, aceitou anos atrás uma missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) liderada por forças chernorrussas, afim de manter a paz entre tribos na região de fronteira.

Com três meses no poder o novo governo iniciou uma ofensiva militar contra seu vizinho, obrigando os capacetes azuis a um recuo massivo para o seu lado da fronteira.


2.MISSÃO

No vale de Hazar-Kot, um contingente chernorrusso da ONU (OPFOR) só recebeu ordens para retrair com o Exército do Tarkistão (BLUFOR) a poucos quilômetros, tendo de resgatar três observadores internacionais numa vila próxima antes de se retirar (OBJ Adal). O governo tarkistanês também procura "possui-los" afim de explorar seu valor diplomático.

a.Condição de vitória OPFOR (Chernorrussos da ONU)

Chegar ao Ponto de Extração (P Ext) Oman com ao menos dois observadores internacionais localizados no Objetivo Adal; estar no horário limite da missão com mais sobreviventes que BLUFOR.


Condição de vitória BLUFOR (Exército do Tarkistão)

Trazer para o Ponto de Reunião (P Reu) ao menos dois observadores internacionais localizados no Objetivo Adal; estar no horário limite da missão com mais sobreviventes que OPFOR.


3.ORGANIZAÇÃO

Por serem nações fictícias, tomou-se a liberdade de organizar ambas as facções em uma Companhia de Infantaria Motorizada, apoiada por uma Seção de Carros de Combate (Sç CC). Para fins de balanceamento, BLUFOR tem sua Sç CC com três viaturas, enquanto OPFOR tem duas.


4.QUADRO HORÁRIO A Definir.


Concentração: 20:00h

Início da missão: 20:30h


Em caso de continuidade até as 23:30h, a operação será encerrada via Zeus, sendo declarado vitorioso a facção com mais sobreviventes.


5.ARMAMENTO E EQUIPAMENTO

Ambas as facções operam RPG-7 pelos seus E2 e E4.


OPFOR (Chernorrussos da ONU)

Fuzil padrão VHS-D2 e variantes; A1 e A2 operam uma FN-MAG.

Cada militar leva sete carregadores. Estão disponíveis dois caminhões Ural-4023 de transporte abertos, além de dois carros de combate T-72B (1984g.).


BLUFOR (Exército do Tarkistão)

Fuzil padrão FN-FAL; A1 e A2 operam uma MG-42; E1 e E3 operam um lança-granadas M320.

Cada militar leva cinco carregadores. Estão disponíveis dois caminhões Ural-4023 de transporte abertos, além de três carros de combate T-72B (1984g.).


6.MATERIAL ESPECIAL

Ambas as facções possuem uma caixa com:

40 carregadores do fuzil padrão;

20 carregadores de metralhadora;

30 munições de granadeira;

20 PG-7V's para o lançador anticarro.


7.RAÇÃO E ÁGUA

N/A


8.RECONHECIMENTO

Um escalão chernorusso desconhecido de carros de combate espera no P Ext. Todos os civis evacuaram a região.


Ao lado da Base de Operações (B Op) Sennar existe uma delegacia, naturalmente ligada ao governo do Tarkistão. Apenas três policiais permaneceram na região, com ordens de guardar o pequeno arsenal no interior do prédio, sendo neutros para ambas as facções.


9.DIVERSO

Caixa de cura em ambas as zonas de início;

Kit Cirúrgico pode ser usado em qualquer lugar.

Regras: não há regras.

Para a bússola funcionar normalmente, você deve colocar seu armamento para trás e se afastar de fontes magnéticas.

Ao utilizar o RPG-7, oriente-se pelo indicador do distância da própria arma, o indicador do HUD do jogo é impreciso, de forma que 100m pelo HUD equivalem a 300m reais.

Distância de visão limitada a 2500m para todos.


CORREÇÕES

VBTP substituído por um VBC CC T-72 (1984g.).

Acrescentado script de bússola desnorteada.

Respawn do OPFOR (ONU) agora é no Ponto de Extração, que conta com três UAZ cobertos.

Guardas no OBJ Adal retirados: observadores da ONU totalmente sozinhos.


Esta ordem preparatória está sujeita a alterações até o momento da missão.

176 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page